18/01/2010

CHAMADOS PARA SER BENÇÃO

Texto: Mq 5.7 e Jo 4.14

INTRODUÇÃO
Miquéias foi um profeta contemporâneo dos profetas Isaías e Oséias. Profetizou, provavelmente durante três reinados: o do rei Jotão, o do rei Acaz e o do rei Ezequias. Ezequias e Jotão foram reis que procuraram obedecer ao Senhor, mas Acaz foi um dos reis mais ímpios que reinou em Judá. Daí encontrarmos nas profecias de Miquéias muitas advertências quanto ao juízo de Deus sobre a nacão de Israel e sobre a nação de Judá.

Mas, Miquéias não pregou somente o descontentamento de Deus com o povo de Israel e Judá. Ele também profetizou mensagens de esperança, promessas de restauração, de renovo, inclusive, a promessa de um Messias, que nasceria na cidade de Belém e iria apascentar o seu povo escolhido e sobre eles reinar e através deles abençoar a todos os povos da terra. Esse era o propósito de Deus para Israel desde o início e é o chamado de Deus hoje para a sua Igreja: que sejamos benção, resposta, orvalho, para esta geração seca, para esse Brasil sedento, para a cura das nações. Fomos chamados para abençoar nossa família, nossos amigos e nossos irmãos. Esta é a nossa vocação, é a vocação dos eleitos tanto na antiga como na nova aliança; tanto para Israel como para a Igreja.

Para fazer cumprir o Seu propósito, Deus usa métodos nem sempre convencionais. Ele dispõe de meios muitas vezes estranhos e incomuns à compreensão humana. Ele faz o impossível se tornar possível, Ele faz do nada o tudo, traz à existência o que não existe, faz o que é fraco se tornar forte, e do que é loucura gera sabedoria. Para compreendermos melhor essa atuação de Deus, analisemos três métodos do seu agir.


1 - DEUS USA O DESCONHECIDO
Em Gn 12.1-3, Deus chamou Abraão da sua “zona de conforto” para o desconhecido. Ele teria que sair da sua terra para um lugar que ele nem sabia onde ficava. Através dele todas as famílias da terra seriam abençoadas, essa era a intenção de Deus. A vida de Abraão seria completamente mudada e marcada por experiências tremendas com Deus, a começar por um pacto: Deus prometeu fazer dele uma grande nação sem que Abraão tivesse um filho. Sua esposa Sara, além de ser estéril, era de idade avançada.

Abraão tinha de escolher: partir com a família para o desconhecido ou ignorar a proposta e permanecer exatamente onde estava. Tudo o que Deus sinalizara para ele ao convocá-lo para aquele propósito era a promessa de guiá-lo e abençoá-lo.

A Bíblia diz que Abraão aceitou o desafio: creu no que Deus lhe propôs e isso foi-lhe imputado por justiça, Gn 15.6. Abraão aceitou ser o orvalho que faria brotar não apenas um filho, mas uma nação de onde nasceria Aquele que é a Água da Vida e que diria a todos os homens, judeus ou samaritanos, ricos ou pobres, religiosos ou não, no último dia da grande festa dos Tabernáculos: “Se alguém tem sede, que venha a mim e beba, João 7.37. Abraão cumpriu o propósito de Deus para a sua vida. Por obedecer ao desconhecido, tornou-se conhecido na galeria dos heróis da fé, descrita em Hb 11.

Assim como Abraão, obedeça a direção que o Senhor tem sinalizado para você. Creia nas suas promessas, ouça a sua voz e submeta-se à vontade dEle. Ele será contigo, fazendo-te frutificar, usando-te para abençoar a todos os que cercam.


2 - DEUS USA O ADVERSO
José era o filho caçula de Jacó, ainda adolescente quando Deus olhou para ele e resolveu fazer cumprir na sua vida o seu propósito.

Na sua ingenuidade, José não tinha em mente nada do que Deus lhe disse através de dois sonhos. No primeiro sonho, José e seus onze irmãos apareciam num campo amarrando feixes de trigo. E o feixe de José se levantava e ficava em pé, e os feixes dos seus irmãos se inclinavam diante do feixe dele.

No outro sonho, o sol e a lua e onze estrelas se inclinavam perante José. O que Deus estava acenando para aquele adolescente era um chamado onde ele seria benção para a sua família, para o seu povo e para outras nações. Porém, José não sabia o que estava por vir.

Por inveja, seus irmãos o venderam a uma caravana de ismaelitas, e estes o levaram para o Egito. José foi revendido para Potifar, oficial de Faraó. José tinha tudo para colocar Deus na parede e perguntar: Deus, é esse o plano? Isso foi o combinado? E Deus olha para ele e diz: esse é o meu método, a sua única tarefa é confiar em mim.

José começou a prosperar na casa de Potifar; tudo o que ele fazia dava certo, José ganhou a confiança de Potifar. Diz a Bíblia que o Senhor abençoou a casa do egípcio por amor de José. E isso incomodou o inferno.

A esposa de Potifar, usada pelo diabo tentou seduzir a José e como não conseguiu, o acusou. José foi parar na prisão. Quanta adversidade! Mas Deus estava com os olhos fixos nele. Os olhos de Deus estão sobre você nesta tua adversidade, os planos dEle para você se cumprirão mesmo que o inferno se levante contra ti. As peças daquele quebra-cabeça estavam sendo encaixadas uma de cada vez. José prosperou mesmo na prisão, foi chamado para interpretar os estranhos sonhos de faraó e finalmente saiu da prisão e foi posto como governador do Egito. Quando recebeu o convite para governar o Egito, José deve ter dito a Deus que o plano não saiu como ele esperava, mas estava bom demais! Só que para Deus ainda não estava. Seus planos são perfeitos e completos. Ele diz que assim como o orvalho que desce do céu e para lá não torna, mas rega a terra, assim também, a palavra que sair da Sua boca não voltará para ele vazia, mas fará o que lhe apraz e prosperará naquilo para que foi enviada, Is 55.10-11. Deus é fiel em Suas palavras e promessas.

Anos mais tarde, a fome veio sobre a terra e tudo o que era verde foi destruído pela seca. José foi o orvalho do Deus provedor para a subsistência de sua família, de seu povo e de todos os que foram beneficiados pela sua política econômica externa, revelada por Deus, quando interpretou o sonho de Faraó, Gn 41-46.

Descanse no Senhor, porque mesmo na adversidade ele te fará prosperar para a direita e para a esquerda, aonde pisar a planta do teu pé, se o Senhor é contigo, se tornará em benção.

A Bíblia registra outro exemplo do agir de Deus por meio da adversidade. Em 2 Re 5.2 é mencionada uma menina que foi levada presa de Israel para a Síria. Ela ficou ao serviço da mulher de Naamã, oficial militar do rei da Síria. Aquela adolescente certamente se perguntava nas noites sem sono, por que eu estou aqui, longe da minha família, do meu povo, sozinha nesse lugar? Por que eu? Por que me escolheram, se havia em Israel tantas criadas? Ela ficou sem resposta até o dia em que soube que o seu patrão Naamã estava com uma doença contagiosa. Naamã ficou leproso. Aquela menina tinha uma solução para aquele problema familiar e ela não se calou: “...se o meu senhor se encontrasse com o profeta que está em Samaria ele o restauraria da sua lepra”. Diz a Bíblia que Naamã veio ao profeta Elizeu e foi curado.

A situação adversa que você está enfrentando, talvez não como a de José ou a daquela menina, não importa. Ela vai ser mudada, porque Deus só está encaixando as peças, Ele vai terminar o que começou na tua vida. Deus vai honrar a tua fidelidade. Creia!

3 - DEUS USA O SOBRENATURAL

Havia em Jerusalém um lugar muito conhecido do povo como Betesda, que em hebraico quer dizer “Casa de misericórdia”. Se você chegasse em Jerusalém e perguntasse onde poderia encontrar algum cego ou paralítico, seria direcionado para Betesda. Diz a Bíblia que ali jazia uma grande multidão de enfermos. O semblante triste e sofrido daquelas pessoas fazia daquele lugar um ambiente quase fúnebre, como é comum nos hospitais, até que uma esperança brotava-lhes. Diz-nos o texto de João 5 que algo sobrenatural acontecia ali. De vez em quando um anjo descia e agitava a água daquele tanque O primeiro doente que conseguia entrar na água era curado de qualquer enfermidade. Havia, certamente, uma fila interminável de doentes atentos ao movimento das águas. Quando percebiam que as águas começavam a ficar agitadas, a fila se desorganizava porque todos queriam ficar curados.

O apóstolo João diz que Jesus foi àquele lugar não em um corpo angelical, mas presente fisicamente. Ele não precisou agitar a água do tanque porque Ele próprio é a água que cura o corpo doente, a alma ferida e o espírito abatido. Jesus encontrou ali um homem paralítico há 38 anos. Aquele paralítico sempre perdia a sua oportunidade, porque não conseguia entrar na água. Como ele não podia ir até a água do tanque, a Água viva foi até ele e o curou completamente. Mais tarde Jesus o encontrou no templo e o discipulou dizendo-lhe: “já estás são; não peques mais, para que não te suceda alguma coisa pior”, Jo 5.14.

Hoje Betesda é apenas um ponto referencial em Jerusalém, alvo de estudos arqueológicos e históricos. A Igreja do Senhor é a casa de misericórdia, é o tanque com água para restaurar os enfermos físicos e espirituais deste tempo. Há muita gente esperando o movimento das águas! Como está á água no seu tanque? Está parada há quanto tempo? Há quanto tempo você não sente o poder e a unção do Espírito Santo te impulsionando a profetizar vida, cura, e bençãos aos que te cercam?

Jesus disse à mulher samaritana: “aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna”, Jo 4.14.

Deixe o Espírito Santo te renovar, agitar tuas águas, para você fluir as bençãos de Deus, pois esse é o Seu propósito para você.


CONCLUSÃO:
Não importa qual o método que Deus está aplicando em tua vida, para fazer de você uma grande benção. Se Ele está te guiando pelo desconhecido, creia na Sua direção, mantenha os olhos fixos nEle. Se Ele te guiar pelo caminho da adversidade, confie nas suas promessas infalíveis. E se Ele te chamar para incomum, para o sobrenatural, dependa do poder do Espírito Santo; use a unção que tem sido derramada sobre a tua vida para trazer vida aos ossos secos ou para jorrar agua viva àquele que tem sede do Deus vivo. Seja benção!

Talvez a sua condição seja como a daqueles enfermos junto ao tanque de Betesda, ou como a do general Naamã ou ainda, como a dos egípcios que precisaram de José, para acabar com a tua fome espiritual e te conduzir ao Pao que desce do céu e também é a Água da vida, o Senhor Jesus Cristo. Chame por Ele, pela Sua misericórdia e pela Sua graça e Ele te salvará a alma e te curará.

Procure hoje uma igreja evangélica (a Casa de Misericórdia) mais próxima de você e entregue-se ao Senhor Jesus. Deus te abençoe!

Fonte: Edson Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita e seu comentario é muito bem vindo. Deus te abençoe sempre.